04/01/2008

Domingo é o último dia para ver a árvore de Natal da Lagoa 2008

Árvore de Natal da Lagoa por Bernardo Cattapan Se você segue o estereótipo do brasileiro e deixou para a última hora e ainda quer ver a árvore da Lagoa ainda tem a chance de ir neste fim de semana, pois na madrugada de domingo para segunda ela será apagada.

De acordo com notícia do Globo online,  às 2h  ela será rebocada para a margem da Lagoa Rodrigo de Freitas onde foi construída. O desmonte da árvore, que pesa 530 toneladas, deve durar cerca de 20 dias. Só para desligar a estrutura elétrica serão necessários de dois a três dias.

No dia 9, começa a retirada das peças e painéis da cenografia. A primeira a sair será a estrela, esse ano com 4,5 metros de comprimento. A estrutura interna da cenografia será a única a ser reaproveitada na etapa que consome entre sete a oito dias. No início e no fim da desmontagem, volta à cena o guindaste de 120 toneladas, com braço de 90 metros de extensão. Embora o equipamento se desloque com suas próprias rodas e seja capaz de fazer manobras surpreendentes para suas dimensões, ele vem acompanhado de uma carreta de 22 metros que transporta o contrapeso de 60 toneladas.

Retirada a cenografia, tem início, de cima para baixo, o desmonte da estrutura tubular, que esse ano atingiu a altura recorde de 85 metros, equivalente a um prédio de 28 andares. Pela segunda vez, a árvore entrou para o "Guiness, o livro dos recordes", como a maior árvore de natal flutuante do mundo. Quebrou seu recorde anterior, estabelecido em 1999, aos 76 metros de altura.

Para cumprir as etapas, trabalharão na árvore cerca de 30 pessoas por dia, número menor ao da montagem, que envolveu uma média diária de 50 operários em cada fase. Quando a maior parte da estrutura tubular for retirada, começam a sair os sete geradores.

A última e mais trabalhosa etapa é a retirada dos 11 flutuadores, blocos de metal naval com de 12 a 18 toneladas, cada um, que, soldados por pesados trilhos de aço, formaram a base de 810 metros quadrados da árvore.

Em maio já deve ser apresentado o projeto para a árvore de 2008-2009!

A foto da árvore da Lagoa deste ano foi retirada do Flickr de Bernardo Cattapan e já virou meu papel de parede desta semana (clique na foto para ver maior).

Quintino Gomes

Quintino Gomes

Editor at Diário do Rio
Defensor do Carioca Way of Life, morou em Jacarepaguá a vida toda, trabalhou na Zona Oeste, na Zona Norte, Centro e Zona Sul. O pai é português e a mãe carioca da Gema, do Bairro de Fátima
Quintino Gomes
Quintino Gomes

agencia b5
Postado por:
Categorias:
Rio de Janeiro

Comente!

Comentários

  1. Zaher disse:

    QUE PENA!TINHA ESPERANÇA DE PODER ADMIRAR AO VIVO, POIS SÓ VI NA TV..E SÓ CHEGO O RIO QUARTA QUE VEM…PODERIAM DEIXAR ATÉ DEPOIS DO CARNAVAL,QUE MARAVILHA SERIA, UM ATRATIVO A MAIS PARA QUEM NÃO PODE VIR PRO REVEILLON, MAS QUE NÃO VAI PERDER O CARNAVAL POR NADA.

  2. Parabéns pelo blog, continue com bons posts!

  3. natasha disse:

    adorei seu blog bjks…

Facebook

Novidades por e-mail

Se quiser receber nosso conteúdo no seu email, inscreva-se no campo abaixo

Social

  • Feed
  • YouTube

Destaque

Fesetival-de-Cores-por-Marcelo-Freire.jpg 21 razões para o Rio ser o melhor lugar para se viver - É importante lembrar o que a Cidade Maravilhosa tem a oferecer e mostrar o porquê dela ter esse título.
© 2012 Diário do Rio de Janeiro. Todos os direitos reservados. Conteúdo e Publicidade do Blog